Neste domingo, a União dos Momentos de Moradia da Grande São Paulo e interior e a União Nacional por Moradia Popular realizaram a 6° Roda de Conversa da Secretaria de Mulheres do movimento, na cidade de Santos. O tema foi a Violência contra as Mulheres e o Direito à Cidade.
A Moradia É A Porta de Entrada para todos os outros Direitos!
Com apoio da Fundação Ford e da Misereor, o objetivo da atividade é fortalecer as nossas companheiras, na questão do conhecimento e em busca dos nossos direitos. O debate de gênero se coloca como uma possibilidade de instrumentalizar a luta das mulheres pela igualdade de direitos. É preciso fazer frente à cultura machista e patriarcal que marca nossa sociedade e que hoje, no Brasil, toma contornos mais nítidos com o fortalecimento de setores ultraconservadores no cenário político nacional.
Entre os conteúdos abordados na roda de conversa destacamos o recorte de gênero, a atualidade do debate e da luta em nosso país. O papal de protagonismo das mulheres na luta pelo direito à moradia, o direito à Cidade e os avanços de consciência que a luta constrói em cada lutadora, fazendo com que a mobilização pela moradia seja um caminho que levar a tantas outras lutas.
Palestrantes:
Débora Camilo Advogada 
Mônica VianaProfessora e Arquiteta 
Dida Professora e ativistas do coletivo feminista
Coord do projeto UNMP e UMM
Maria das Graças Xavier
Secretaria de mulheres da União dos Momentos de Moradia
Maria de Fátima dos Santos
Mulheres da Baixada Santista.