A UMM-SP denuncia que a CDHU está destinando os apartamentos do Conjunto Ipiranga A, para funcionários públicos. No entanto, este empreendimento deveria ser destinado a população encortiçada da Região. O conjunto faria parte do programa de Atuação em Cortiçlos e levou mais de 4 anos para ser finalizado.

O conjunto está localizado na rua Agostinho Gomes, esquina com a rua Leais Paulistanos, no Ipiranga. O Movimento de Moradia da Região Sudeste irá cobrar da CDHU o atendimento da demanda dos cortiços.