União dos Movimentos de Moradia
– São Paulo

Tel: 11 3667-2307 - Email: ummsp@uol.com.br

Movimento por moradia protesta na Secretaria de Habitação e é recebido com gás de pimenta

Integrantes da União dos Movimentos de Moradia de São Paulo estão reunidos em frente ao prédio que abriga a sede da Secretaria Municipal de Habitação, na região central, e pedem que a superintendente de Habitações Populares da prefeitura, Elizabeth França, os receba. A manifestação, que começou na manhã desta terça-feira (28), foi reprimida com gás de pimenta pela Guarda Civil Metropolitana (GCM).

Os sem-teto exigem maior agilidade na aprovação dos projetos de Habitação de Interesse Social (HIS) do programa Minha Casa Minha Vida, que segundo José de Jesus, o Zequinha, um dos coordenadores do movimento, está há mais de dois anos sem aprovação e sem resposta.

“Eles não querem nos receber, queriam receber em outro lugar para evitar a manifestação. Mas até agora nem para isso deram sinal. Estamos fazendo um movimento pacífico, mas a GCM já nos recebeu com truculência, pensando que íamos ocupar o prédio”, disse Zequinha.

Eles reivindicam à prefeitura terrenos e imóveis para que o Minha Casa Minha Vida seja garantido aos sem -teto da capital. Zequinha afirmou que o município de São Paulo “está ficando para trás” ao não agilizar os processos para o programa do governo federal.