União dos Movimentos de Moradia
– São Paulo

Tel: 11 3667-2307 - Email: ummsp@uol.com.br

Grito dos excluídos – A vida em primeiro lugar

Neste 7 de setembro a Uniao dos Movimentos de Moradia e a Central de Movimentos Populares realizarm o 15o. Grito dos excluídos com uma caminhada, a partir das 9 horas, na Estação da Luz.

O 15º Grito dos Excluídos tem como lema neste ano de 2009: A vida em primeiro lugar: a força da transformação está na organização popular.

A crise do capitalismo deixa claro o esgotamento desse ciclo e também é certo que os pobres é que já estão pagando por ela.

Nesse momento, apresentam-se possibilidades de mobilização e lutas por mudanças, porém sentimos que a ?nossa crise? é a ausência de uma proposta mais elaborada e de um novo modelo de desenvolvimento onde a vida de fato esteja em primeiro lugar.

Esta situação se explicita na grave situação de nossas cidades, em que se re-elaboram os modelos mais perversos da exploração dos ricos contra os pobres.

De um lado está o capital imobiliário com toda sua força, expressando na cidade mercado, a crueldade de seus interesses e na tentativa de concentrar todos recursos públicos ou privados apenas em uma banda da cidade.

Como se existisse uma ilha de riqueza cercada por um grande contingente de pobreza e exclusão.

Do outro lado, o que se vê é o aumento constante das favelas, a concentração absurda dos cortiços e a violência desumana dos despejos.

O que temos são cidades segregadas e partidas, com milhões de excluídos e excluídas dos benefícios da cidade. Na verdade os ricos tentam impor que o único lugar para os pobres viverem são os locais mais distantes, longe das escolas, dos serviços, dos locais de trabalho e onde não há cidade.

Neste Grito de 2009, queremos gritar com toda força que já estamos cansados de crise, de pobreza e exclusão, onde, quem paga a conta são os pequenos e fragilizados socialmente.

Os Governos não podem mais ser instrumento de sustentação deste modelo de cidade, é preciso que os pobres tenham de fato um lugar na cidade. Um lugar para morar com dignidade, lugar para estudar e trabalhar sendo respeitados em seus direitos, um lugar para se divertir e para brincar, onde a vida de fato esteja em primeiro lugar!!!

União dos Movimentos de Moradia de São Paulo!

Central de Movimentos Populares!