União dos Movimentos de Moradia
– São Paulo

Tel: 11 3667-2307 - Email: ummsp@uol.com.br

Cemos cria curso de formação de lideranças

A Central Pró-Moradia Suzanense (Cemos) conquistou uma verba de R$ 5,3 mil para realizar um curso de capacitação de novas lideranças no município. A entidade foi selecionada pela ONG Cese, de Salvador (BA), para receber a doação dos recursos e executar oito aulas com temas relacionados à luta comunitária. A primeira etapa começa neste domingo e segue até dezembro, sempre das 8h30 às 13 horas, no Complexo Educacional Mirambava. Os demais oito módulos serão ministrados em 2009.

Uma turma de 50 alunos já foi fechada pela entidade, mas ainda restam dez vagas para uma lista de espera, no caso de desistências ou substituições. “Se por acaso algum aluno não demonstrar o interesse que esperamos, o lugar dele será repassado a uma dessas pessoas”, explica o coordenador executivo da Cemos, Antônio Brás da Silva. Os interessados devem se inscrever pelo telefone 4751-3327.

Segundo Santos, a iniciativa é pioneira em Suzano. “Esta é a primeira vez que um curso deste tipo é realizado na cidade. Nosso objetivo é estimular a formação de novas lideranças comunitárias em Suzano, que lutem pelo social e por melhores condições de vida para a população”.

Com início no próximo domingo, o curso é composto por oito módulos temáticos. As primeiras quatro aulas acontecem ainda neste ano e serão abertas com o tema “Contexto social brasileiro da cidade e as lutas sociais”. Também serão discutidos os assuntos: Organização comunitária (dia 9 de novembro), Mutirão e autogestão e a política de habitação no Brasil (dia 30 de novembro) e Propriedade individual, coletiva, cooperativa e Função social da propriedade (14 de dezembro).

Os temas dos quatro encontros de 2009 ainda não foram fechados pela entidade. “Deixamos a segunda parte do curso em aberto, para dar oportunidade aos próprios alunos de decidirem quais temas querem discutir durante o curso”.

Cada aula será ministrada por um profissional convidado, sobretudo entre representantes de entidades sociais do Estado. A lista completa dos palestrantes ainda não foi fechada, mas já estão confirmados nomes como do secretário municipal de Política Urbana, Miguel Reis, e da integrante da coordenação do Conselho Nacional da Moradia (CNM), Evaniza Rodrigues.

A Cemos apresentou o projeto do curso em maio e recebeu reposta da ONG já em julho. Os recursos foram liberados em setembro. “Mandamos uma carta com nossa proposta. Eles gostaram e enviaram o valor necessário para viabilizar o curso, para pagarmos despesas como transporte, alimentação e outras”, conta Santos.

Segundo o coordenador, a expectativa é formar novas lideranças que representem a comunidade e lutem pelo direito à moradia e pelas causas sociais de outras entidades. “Há alunos de quase todos os bairros, como Palmeiras, Miguel Bradra, São José, Monte Cristo, São Bernardino e outros. Se pelo menos uma pessoa de cada região colocar em prática o que aprender, estaremos satisfeitos”. (C.S.)